Sexta, 26 Fevereiro 2021 | Login
Sexta-feira, 26 de Fevereiro 2021
11:56:06pm
Zé do Pão fala sobre fechamento da Ford: “Cenário preocupante”

Zé do Pão fala sobre fechamento da Ford: “Cenário preocupante”

O Ouvidor Geral do Município de Camaçari, José Bezerra, popularmente conhecido como Zé do Pão, falou com exclusividade para o Camaçari Todo Dia sobre o anúncio da Ford nesta segunda-feira (11/01), informando a paralisação das suas plantas no Brasil, incluindo, portanto, a fábrica de Camaçari.

”Sem sombra de dúvidas, depois da pandemia de Covid-19, a pior notícia dos últimos tempos. Como se não bastassem os efeitos danosos da pandemia para nossa economia, com redução da atividade produtiva, e consequentemente dos empregos e também queda drástica nas receitas da união, estados e municípios, o que por si só, já obrigou os três níveis da administração pública, a se readequarem, para fazer frente ao momento atípico pelo qual o país atravessa, essa notícia nos revela um cenário preocupante.” Disse Zé do Pão.

Segundo declarou Zé do Pão, “Esse vai ser um dos nossos maiores desafios. A prefeitura deve estar pronta para o que vem por aí. São milhares de novos desempregados, que direta ou indiretamente, tiravam seu sustento da montadora. Além de um trabalho de prospecção de novos investimentos, precisamos fornecer cursos, orientação vocacional, capacitação de mão de obra em outras atividades que não a automotiva, como forma de auxiliar essas pessoas a voltarem o mais rápido possível para o mercado de trabalho.”

Ao final, Zé do Pão demostrou preocupação também com o lado emocional e psicológico desses milhares de pais e mães de família que estão sendo dispensados do trabalho.
“O emprego na Ford dava aos trabalhadores segurança, confiança e uma sensação de estabilidade. O anúncio repentino do fechamento da montadora em nossa cidade, gera também um trauma, um baque na cabeça de qualquer ser humano. Não se trata apenas de perda de receita, é seu local de trabalho que simplesmente deixa de existir, de uma hora para outra, sem aviso prévio, sem um comunicado para preparar as pessoas. Foi um rompimento brusco e repentino.
Preocupado com as consequências disso no emocional dessas pessoas dispensadas, e levando em conta que essas pessoas vão perder seus planos de saúde, vou conversar com o nosso Secretário de saúde, Dr Elias Natan, para que monte uma força-tarefa, para oferecer apoio psicológico na nossa rede municipal de saúde.” Concluiu Zé do Pão.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Ad2