Terça, 24 Maio 2022 | Login
Senac abre inscrições para cursos gratuitos em Camaçari; confira

Senac abre inscrições para cursos gratuitos em Camaçari; confira

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) de Camaçari está com inscrições abertas para cursos gratuitos. As inscrições podem ser feitas presencialmente, das 8h às 17h. O atendimento é por ordem de chegada e as vagas são limitadas. A unidade fica na Casa do Trabalho, na rua do Mirante, no bairro do 2 de Julho.

Confira:

Matemática
Aulas começam em 9 de meio e vão até 18 de maio, de segunda a quinta, das 18h às 21h. A carga horária é de 20h. É necessário ter concluído o ensino fundamental e ser maior de 14 anos.

Técnicas de Vendas e Atendimento ao Público
Com carga horária de 4 horas, o curso acontece em 12 de maio, das 13h às 17h. É preciso ser maior de 16 anos e ter concluído o ensino fundamental.

Conversando sobre Modelagem de Negócios
O curso acontece no dia 11 de maio, das 18h às 20h. É necessário ser maior de 16 anos e ter concluído o ensino fundamental.

Telefone do Senac Camaçari: (71) 3454-0550

Itens relacionados (por tag)

  • Jerônimo acredita que desafio da RMS será debater geração de emprego e renda

    Durante a plenária do seu Programa de Governo Participativo (PGP) no Clube Social de Camaçari, na noite desta quinta-feira (19), o pré-candidato a governador Jerônimo Rodrigues (PT) colocou em pauta a geração de emprego e renda. Para o petista, esse será o principal desafio a ser debatido e construído nos 13 municípios que compõem a Região Metropolitana de Salvador (RMS).

    Para alcançar esse objetivo, o ex-secretário de Educação e da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura do Estado afirmou que seguirá o modelo de gestão do governador Rui Costa (PT). “Quero dizer que o mandato, o governo nosso a partir de janeiro de 2023, nós teremos as mesmas iniciativas que Rui teve para busca de empresas para se instalarem no Polo. Por exemplo, a Ford saiu, nós já estamos buscando uma outra empresa para substituir a Ford”, falou.

    ÓTICAS DESIGN
    “Quero lhe dizer que nós teremos a possibilidade de governar com Lula, e naturalmente nós teremos outras possibilidades de incentivos fiscais, como nós temos aqui em Camaçari o Cimatec de estimulação, de formação de mão de obra qualificada, de ciência, de tecnologia e de inovação. Então, é esse o projeto da gente, e eu também sei que alguns municípios desses aqui não são só urbanos. Tem também a agricultura, e eu conheço muito bem isso. Então, nós queremos montar um plano de governo que a gente possa garantir que as pessoas que moram nesse território possam ser estimuladas a ter seu emprego, sua carteira, a partir de busca de empresas, mas também fomentando a indústria local”, reforçou.

    Além disso, o pré-candidato defendeu que a gestão pública pode gerar novos postos de trabalho e destacou que o governo estadual tem criado empregos a partir da realização de obras e entrega de equipamentos, a exemplo das escolas. “Nesse último período aqui em Camaçari, nós estamos falando de cinco escolas novas. Imagina o que é isso para contratação de pessoal, de pedreiros, ajudantes de pedreiro… e quando essas escolas começarem a funcionar nós teremos aí merendeiras, porteiros, professores. Então, nós estamos trabalhando com a dinâmica de indústrias e empresas virem para essa região, mas também com a possibilidade de que os investimentos públicos possam fomentar o emprego”.

    Jerônimo Rodrigues afirmou que as temáticas apresentadas nos encontros da RMS serão levadas para a plenária em Salvador. “É um esquente para o PGP que vai acontecer em Salvador. Nós já estamos provocando para que municípios, cada um apresente quais são as suas ideias de geração de renda”, disse.

  • Via Parafuso segue com pista bloqueada após tombamento de caminhão carregado de amônia

    Um caminhão tanque transportando amônia tombou na altura do km 00 da BA-535 (Via Parafuso), nesta quinta-feira (19), por volta das 4h, sentido Polo Petroquímico, na rotatória da saída do Canal de Tráfego em Camaçari. De acordo com a Concessionária Bahia Norte, responsável pela administração da via, o condutor do veículo teve ferimentos leves e foi atendido pela equipe médica da concessionária.

    O caminhão pertence a transportadora Trelsa e estava seguindo para descarregar na Unigel. O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou que não houve vazamento do produto químico. A pista segue totalmente bloqueada até que seja feito o transbordo do produto e a retirada do caminhão.

    Enquanto durar a operação, a Bahia Norte orienta que os motoristas sigam pela Rua Eteno, dentro do Polo Petroquímico ou utilizem a BA-093. A Polícia Militar Rodoviária (PMRV) também está no local, monitorando a operação.

  • Secretaria de Educação inicia oferta de Oficina de Libras nas escolas municipais onde há alunos surdos

    Garantir a inclusão social através da extensão da oferta do ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras) para todos os alunos das turmas onde há estudantes surdos. Foi com esse objetivo que a Secretaria da Educação (Seduc), por meio da Coordenação de Inclusão Educacional, iniciou nesta quarta-feira (18/5), a Oficina “Libra em Sala”.

    De acordo com a secretária da Educação, Neurilene Martins, a concepção de ações dessa natureza parte da percepção das necessidades reais dos alunos da rede. “A educação é para todos, como estabelece a Constituição Federal. A Oficina Libras em Sala existe nessa perspectiva e, por isso, passa a compor o conjunto de iniciativas exitosas concebidas pela inteligência da rede, no sentido de garantir a inclusão efetiva dos nossos alunos”.

    A primeira unidade contemplada foi a Escola Municipal Santa Maria, mais especificamente a turma do 4º ano, da qual a estudante surda Angélica Bastos, de 12 anos, faz parte. Com a intermediação da professora Roseli Cruz, que ministra a oficina, a aluna manifestou sua alegria em ver a turma mobilizada para aprender Libras e interagir melhor com ela. “Estou gostando de aprender cada vez mais a Língua Brasileira de Sinais e muito feliz porque meus colegas vão aprender também”, disse Angélica.

    Uma das colegas mais próximas de Angélica é a aluna Samilly Suelen Silva, 10 anos. “Eu ainda não sei muito de Libras, mas a gente já consegue se entender. Agora só vai melhorar. Ela é legal, engraçada e muito importante pra mim”, descreveu. O sentimento de união é compartilhado com os demais estudantes, como demonstra o aluno Breno Silva, 9 anos. “É uma experiência muito importante, além de ser um aprendizado muito útil. Todos nós sempre protegemos e cuidamos da nossa colega Angélica”, afirmou.

    Roseli Cruz explica que essa é a estreia de uma iniciativa que será contínua e estendida progressivamente para as demais turmas onde há estudantes surdos em todas as escolas da rede pública municipal. “Já definimos a data e o local da próxima oficina. No dia 31 de maio, estaremos com uma turma do 8º ano da Escola Municipal Denise Tavares”, revelou.

    A professora também conduz as visitas técnicas para diagnóstico de aprendizagem nas escolas e encaminha os alunos surdos tanto para o Centro de Referência à Inclusão Escolar (Crie), onde aprendem e aperfeiçoam o uso da Libras com a professora Izabel Vasconcelos, quanto para a sala multifuncional da Escola Municipal Professora Ilda Leal Ulm da Silva – Caic, onde há o ensino de português como segunda língua para os surdos, com aulas conduzidas pela professora de Português e Libras, Gessivalda Costa.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.